Sindicato dos Servidores Públicos do Município de São Francisco do Sul/SC 

Na última semana, a 2ª Vara Cível de São Francisco do Sul, analisando ação proposta pela assessoria jurídica do Sindicato dos Servidores, reconheceu o direito dos guardas ao adicional de periculosidade.

Entendendo que a atividade desempenhada por esses profissionais é arriscada, e assim confirmando o entendimento do perito de segurança que acompanhou o caso, condenou a Prefeitura ao pagamento do adicional de 30% de periculosidade e o reflexo sobre as verbas trabalhista.

A decisão ainda comporta recurso. O prazo para a Prefeitura recorrer deve ser aberto nos próximos dias.

A assessoria jurídica do Sindicato continuará acompanhando a questão, com a expectativa de que a sentença seja confirmada em grau de recurso, se houver.

Categoria: Notícias